REGRAS

Regras de Julgamento

Tabela de Conteúdo

REGRA DE JULGAMENTO 1

O cavalo é obrigado a entrar no rebanho com profundidade suficiente para mostrar sua habilidade de tirar um boi. Uma tirada profunda satisfará esta regra. O não cumprimento deste requisito resultará em uma penalidade de três (3) pontos.

  1. Será dado crédito ao cavalo por sua habilidade de entrar no corpo do rebanho tranquilamente e com pouca perturbação ao rebanho ou ao boi que tirou.

OBSERVAÇÃO: Para satisfazer esta regra, se um competidor não cumpriu as condições desta regra, em sua primeira ou segunda tirada, em sua última tirada, um boi deve estar separado do rebanho e a mão do competidor abaixada antes do primeiro som da campainha.

 

EXEMPLO 1: Quando o competidor se aproxima do rebanho, um boi voluntariamente sai do rebanho. O competidor vira e tira aquele boi e o trabalha. Quando ele começa a tirar seu segundo boi, outro boi sai e o competidor o tira. Ele trabalha esse boi. O competidor então entra profundamente no rebanho para tirar seu terceiro boi, mas, antes que o terceiro seja separado do rebanho, a campainha soa.

JULGAMENTO: Aplique uma penalidade de três (3) pontos por não fazer uma tirada profunda em algum momento durante a apresentação.

 

EXEMPLO 2: Em um rebanho de 45 bovinos, um competidor tira dois bois limpamente e está trabalhando o segundo boi quando a campainha soa. Cada vez que o competidor tira, ele permite que três (3) bois venham saindo e tira o terceiro boi.

JULGAMENTO: Três (3) bois podem ou não ser gado suficiente para satisfazer os requisitos da Regra 1. Se o competidor foi até a borda do rebanho e tirou dali os três bois, o juiz determinará que não foi feita uma tirada profunda e aplicará uma penalidade de três (3) pontos. Se o competidor entrou profundamente no corpo do rebanho e conduziu os bois para fora, ou começou a conduzir mais de três (3) bois e, eventualmente, tirou a partir destes três (3), o juiz deve decidir que os requisitos da Regra 1 foram satisfeitos.

 

EXEMPLO 3: Um competidor entra profundamente no corpo do rebanho e inicia uma parte significativa do gado à sua direita. Quando o gado está na frente do competidor, ele toma um passo para cortar o fluxo de gado, que inverte a direção e começa a retornar para o rebanho do lado oposto. O competidor tira o último boi disponível de tal modo que nenhum boi volte pelo lado esquerdo do competidor.

JULGAMENTO: O competidor satisfez os requisitos da Regra 1.

OBSERVAÇÃO: Ao decidir sobre a Regra Um, é mais importante para um juiz considerar a profundidade e a rota tomada pelo competidor do que contar o número de bois que se movem ao redor de seu cavalo. É necessário, no entanto, que o competidor realmente fique atrás de um pouco de gado para que a Regra 1 seja satisfeita.

 

EXEMPLO 4: O cavalo do competidor A entra calmamente no rebanho e permanece quieto enquanto competidor A faz sua tirada. O cavalo do competidor B entra calmamente no rebanho, mas está obviamente tenso e se move excessivamente, enquanto o competidor B está fazendo sua tirada. 

JULGAMENTO: O competidor A receberá mais crédito pelo seu trabalho no rebanho do que o Competidor B.

 

EXEMPLO 5: Ao fazer uma tirada o competidor A faz vários movimentos com um boi antes de conseguir separá-lo dos outros. Esses movimentos excitam tanto o boi sendo tirado quanto o gado ao seu redor. Ao fazer uma tirada, o competidor B é capaz de trazer um tipo de boi semelhante com pouca perturbação para o boi ou o rebanho.

JULGAMENTO: O competidor B receberá mais crédito por seu trabalho no rebanho do que o competidor A. Nesse caso, o juiz não está penalizando o competidor A; ele está, no entanto, dando mais crédito pelo trabalho feito pelo competidor B.

OBSERVAÇÃO: Enquanto separa um boi, nenhum crédito deve ser dado para o cavalo que está relutante em tirar um boi indicado ou que claramente resiste a escolha do seu cavaleiro.

 

EXEMPLO 6: Depois de tirar um boi, o cavalo começa a deitar-se, mas o cavaleiro é capaz de manter o cavalo de pé.

JULGAMENTO: Sem penalidade, mas o conteúdo da apresentação pode ser reduzido no trabalho do rebanho dependendo da gravidade que leva para obter o cavalo de pé.

 

EXEMPLO 7: Quando o competidor entra no rebanho, o cavalo chuta contra a espora do cavaleiro com uma pata traseira.

JULGAMENTO: Sem penalidade, porém o conteúdo da apresentação será reduzido em trabalho de rebanho.

 

EXEMPLO 8: Depois do competidor desligar do boi, o cavalo se deita com suas pernas por baixo de si.

JULGAMENTO: O conteúdo da apresentação pode ou não ser reduzido.


Tabela de Conteúdo | Próxima

 
PARCEIROS












LINKS



 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191

Desenvolvido por Wisetec IT Solutions