REGRAS

Regras de Julgamento

Tabela de Conteúdo

REGRA DE JULGAMENTO 11

Quando um cavalo perde sua vantagem de trabalho, perde um movimento do boi ou está trabalhando fora de posição; ele será penalizado (a) ½ ponto, (A) 1 ponto, ou (F) 1 ponto.

DEFINIÇÃO DOS TERMOS:

Perda de vantagem de trabalho: Quando um cavalo passa por um boi na medida em que ele perde sua posição de controle do boi. (A) ou (a). 

Uma perda: Uma resposta do cavalo à ação do boi sendo trabalhado, resultando em perda de vantagem no trabalho ou estar fora de posição. (A) ou (a). 

Trabalhar fora de posição: A posição do cavalo em relação ao boi sendo trabalhado, sendo consistentemente muito curto ou comprido para controlar o boi. (F)

 

EXEMPLO 1: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor passa pelo boi à distância de um cavalo. O boi vira, e é necessário para o competidor correr bem rápido para chegar de volta ao boi.

JULGAMENTO: Avaliar uma penalidade de um (1) ponto por uma perda de posição ou perda de vantagem de trabalho. (A)

 

EXEMPLO 2: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor passa pelo boi. O boi vira e o competidor recupera seu controle e posição de trabalho no boi dentro de uma curta distância.

JULGAMENTO: Aplicar uma penalidade de meio (½) ponto por uma perda de posição ou perda de vantagem de trabalho. (A)

OBSERVAÇÃO: O objetivo desses exemplos é indicar que todas as perdas não são de igual valor. 

OBSERVAÇÃO: Um juiz jamais colocará um animal na liderança por ½ ponto ou iniciará uma categoria com uma nota de ½ ponto.

 

EXEMPLO 3: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor passa pelo boi à uma distância de um cavalo. O boi vira, o competidor é capaz de imediatamente manter seu controle e vantagem de trabalho com o boi.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: Um cavalo não deveria ter dificuldades em manter a vantagem de trabalho sobre um boi vagaroso. O cavalo que consegue manter vantagem de trabalho (posição) sobre um boi que apresenta um verdadeiro desafio deve receber crédito. Nenhuma penalidade deve ser dada ao cavalo que retoma a posição imediatamente depois de passar por um boi suficientemente para o fazer virar.

 

EXEMPLO 4: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor passa pelo boi e perde sua vantagem de trabalho. O competidor faz o cavalo voltar com as rédeas e, depois de dar vários passos, o cavalo recupera sua vantagem de trabalho.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de um (1) ponto por perder a vantagem de trabalho (A); também, aplica uma penalidade de um (1) ponto pelo uso de rédeas (B). Total de dois (2) pontos de penalidade.

 

EXEMPLO 5: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor passa pelo boi e perde sua vantagem de trabalho. O boi para e vira para fora e o competidor desliga sem recuperar sua vantagem de trabalho.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de um (1) ponto por perder a vantagem de trabalho (A).

OBSERVAÇÃO: O competidor não pode evitar uma penalidade de um (1) ponto por perder sua vantagem de trabalho (estar fora de posição) por desligar do boi, mesmo que esteja desligando legalmente de acordo com a Regra 13.

 

EXEMPLO 6: Enquanto trabalha, o cavalo do competidor é extremamente comprido em uma direção e extremamente curto na outra. O competidor continua a trabalhar dessa maneira.

JULGAMENTO: Aplica um (1) ponto (F) de penalidade por boi, um menos (-) no controle de boi e reduza o conteúdo da apresentação de acordo.

OBSERVAÇÃO: Um juiz deve reconhecer que uma perda de vantagem de trabalho, uma perda e/ou trabalhar fora de posição, podem resultar em menos (-) no conteúdo de apresentação.

OBSERVAÇÃO: Durante um evento monitorado com vários juízes; se uma penalidade maior tiver sido aplicada erroneamente, tornando claro e óbvio que penalidades de um (1) ponto não foram aplicadas anteriormente, então a nota ajustada deve refletir a penalidade de um (1) ponto. (Isso é apenas a critério do juiz).

 

EXEMPLO 7: Um cavalo desliza durante uma apresentação até o ponto em que sua barriga encosta no chão, mas mantém sua posição de trabalho.

JULGAMENTO: Sem penalidade


Anterior | Próxima

 
PARCEIROS












LINKS



 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191

Desenvolvido por Wisetec IT Solutions