REGRAS

Regras de Julgamento

Tabela de Conteúdo

REGRA DE JULGAMENTO 13

Um competidor pode desligar-se de um boi quando está obviamente parado, obviamente virado de costas, ou está obviamente atrás dos cavalos dos rebatedores e estes estão atrás da linha de tempo. Uma penalidade de três (3) pontos deve ser aplicada se o competidor se desligar do boi sob quaisquer outras circunstâncias.

DEFINIÇÃO: “Obviamente parado” significa que em um vídeo de câmera lenta a uma velocidade de 1/16, o boi tem todas as quatro patas no chão por cinco segundos ou mais. Em tempo real, isso é menos de um segundo.

OBSERVAÇÃO: Um juiz não deve considerar uma parada quente até que o competidor tenha parado de trabalhar o boi.

 

EXEMPLO 1: Enquanto trabalha, o competidor desliga de um boi que está atravessando a pista. Na opinião do juiz, o boi não estava virado de costas para o cavalo no momento de desligar.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de três (3) pontos.

OBSERVAÇÃO: Nenhuma linha imaginária será considerada na aplicação desta regra. A relação do boi com o cavalo (se está virado de costas) é a única coisa a considerar na aplicação desta regra.

 

EXEMPLO 2: Enquanto trabalha, o competidor desliga de um boi que está:

  1. Obviamente virado de costas para seu cavalo;
  2. Obviamente virado em direção ao seu cavalo e não parado;
  3. Obviamente virado para o lado oposto da pista;
  4. Obviamente recuando.

JULGAMENTO: Em (A), (C) e (D) sem penalidade.

Em (B) aplicar uma penalidade de três (3) pontos.

OBSERVAÇÃO: Quando um boi está em uma posição obviamente parado, e simplesmente levanta um pé e o reposiciona, o desligamento será considerado legal. Isso não incluiría o último passo de um boi “andando devagar”.

 

EXEMPLO 3: Enquanto trabalha, o competidor desliga do boi que estava, por um breve momento, virado de costas e depois se virou na direção dele:

  1. O juiz tem certeza de que o boi tinha virado em direção ao competidor quando ele desligou.
  2. O juiz tem certeza de que o boi estava virado de costas quando o competidor desligou.
  3. O juiz não tem certeza se o boi estava virado de costas.

JULGAMENTO: Em (A) aplicar uma penalidade de três (3) pontos. 

Em (B) e (C) Sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: Um juiz não deve considerar uma parada quente até que o competidor tenha parado de trabalhar o boi.

 

EXEMPLO 4: O competidor está trabalhando um boi que se movimenta pouco. O boi faz algumas voltas lentas e depois para, olhando para o competidor. Mesmo que o boi esteja parado, ele continua a mexer a cabeça de um lado para o outro e o cavalo do competidor está bloqueando esses movimentos. O competidor se desliga do boi.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: Quando um boi chega a estar claramente parado, com os 4 pés parados, o cavaleiro deve iniciar seu movimento de desligar antes da primeira perna do boi, não a cabeça nem o pescoço do boi, voltar a mover.

 

EXEMPLO 5: O competidor está trabalhando um boi perto do centro da pista. O boi para e está de frente para o competidor. Enquanto o competidor está desligando, o boi:

  1. Simplesmente reposiciona um pé e fica parado;
  2. Começa a virar lentamente afastando-se do cavalo;
  3. Começa a se afastar do competidor;
  4. Dá um passo na direção do competidor e tenta retornar ao rebanho.

JULGAMENTO: Em (A), (B) e (C) sem penalidade. 

Em (D) aplicar uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 6: O competidor está trabalhando um boi que o leva para o fundo da pista no lado esquerdo. O boi vira em direção ao cavalo do competidor; o competidor:

  1. Desliga do boi na virada;
  2. Espera até que o boi é esteja virado de costas para desligar.

JULGAMENTO: Em (A), aplica uma penalidade de três (3) pontos. 

Em (B), sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: Em circunstâncias normais, quando um boi leva um competidor fundo para qualquer lado da pista e o boi vira em direção ao seu cavalo, uma parada quente será dada; no entanto, se o competidor esperar até que o boi tenha andado uma distância suficiente para mostrar claramente ao juiz que o boi está se afastando do cavalo, uma parada quente não será aplicada.

 

EXEMPLO 7: O competidor está trabalhando um boi que está andando paralelamente através da pista e movendo-se de encontro com a cerca. Assim que o boi está se aproximando da cerca, desacelera e para momentaneamente na cerca. O competidor se desliga do boi assim que:

  1. O boi para na cerca;
  2. O boi vira de costas ao lado da cerca;
  3. O boi para na cerca e, em seguida, vira lentamente em direção ao competidor;
  4. O boi vira em direção ao competidor em um ritmo acelerado.

JULGAMENTO: Em (A) e (B), sem penalidade. 

Em (C) e (D), aplicar uma penalidade de três (3) pontos.

OBSERVAÇÃO: O juiz deve considerar que um competidor se desliga do boi quando ele levanta as rédeas ou coloca sua mão livre no pescoço do cavalo, se o cavalo pare imediatamente ou não.

 

EXEMPLO 8: O competidor está trabalhando um boi que cai no chão. O competidor se deliga do boi:

  1. Enquanto o boi está deitado no chão;
  2. Depois que o boi caiu e está voltando a ficar de pé;
  3. Depois que o boi voltou a ficar de pé e está se movendo em direção ao cavalo.

JULGAMENTO: Em (A) e (B), sem penalidade.

Em (C), aplica uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 9: Enquanto trabalha um boi difícil, o competidor levanta suas rédeas para sinalizar que ele está se desligando do boi. Na opinião do juiz o boi estava virado de costas quando o competidor levantou as rédeas; mas no momento em que o cavalo realmente parou, o boi havia virado em direção ao competidor.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

 

EXEMPLO 10: O boi que está sendo trabalhado para e o cavalo do competidor para também. Tanto o boi como o cavalo estão completamente imóveis. O competidor levanta as rédeas e é razoável supor que ele pretende se desligar do boi. O boi então se move e o cavalo do competidor se move para o bloquear mesmo havendo tensão nas rédeas. O competidor em seguida, continua a puxar o seu cavalo para fora do boi.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

 

EXEMPLO 11: Enquanto trabalha, o competidor desliga de um boi que correu atrás dos cavalos dos rebatedores e os rebatedores:

  1. Estão atrás da linha de tempo e o boi está virando para ele.
  2. Não estão atrás da linha de tempo e o boi está virando para ele.

JULGAMENTO: Em (A), sem penalidade.

Em (B), aplica uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 12: Enquanto trabalha, o competidor fica em um boi que corre atrás dos rebatedores. Depois do boi voltar entre o competidor e seus rebatedores, o competidor se desliga do boi enquanto o mesmo está virando em sua direção.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 13: O competidor se desliga de um boi legalmente. O competidor então começa a trabalhar o mesmo boi novamente.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: Se desligar de um boi que vira na direção do competidor normalmente resultará em uma penalidade de três (3) pontos, a menos que o competidor espere até que o boi estiver virado de costas para o competidor. Por outro lado, em circunstâncias normais, um competidor que inicia o ato de desligar quando o boi estiver de costas para o cavalo não receberá uma penalidade.

 

EXEMPLO 14: O competidor está trabalhando seu boi no meio da pista. Quando o competidor inicia a desligar, levantando sua mão das rédeas e/ou colocando a outra mão no pescoço do cavalo:

  1. O competidor percebe que a parada é quente; ele imediatamente abaixa sua mão das rédeas e/ou coloca a mão livre de volta no pito da sela. No próximo movimento o boi vira de costas e o competidor desliga do boi.
  2. O competidor não tem certeza se está desligando legalmente; ele imediatamente abaixa a mão das rédeas e/ou coloca a mão livre de volta no pito da sela, mas depois decide parar mesmo enquanto o boi está se movendo em direção ao cavalo.

JULGAMENTO: Em (A), aplica uma penalidade de um (1) ponto pelo uso de rédeas ou sinais visíveis. 

Em (B) aplicar uma penalidade de um (1) ponto pelo uso de rédeas ou sinais visíveis, mais uma penalidade de três (3) pontos por uma parada quente. Total de quatro (4) pontos de penalidade.

a. OBSERVAÇÃO: Durante um evento monitorado de três (3) a cinco (5) juízes: Se uma penalidade maior tiver sido aplicada erroneamente, assim tornando claro e óbvio, alguma penalidade de um (1) ponto que não tinha sido aplicada anteriormente, a nota revisada deverá refletir a penalidade de um ponto. (Isso é somente a critério do juiz).

b. OBSERVAÇÃO: Ao julgar uma situação referente a penalidades maiores que ocorreram simultaneamente, apenas uma penalidade será aplicada, com a penalidade maior tendo prioridade sobre a penalidade menor. A exceção a essa regra é Regra 8b, que diz respeito a um competidor usando as duas mãos nas rédeas.

 

EXEMPLO 15: Parada quente com um boi andando devagar

Um boi está andando devagar e obviamente não parou ainda e o competidor começa a desligar enquanto o boi ainda está em movimento.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de três (3) pontos.

OBSERVAÇÃO: Um boi é considerado obviamente parado quando não está mais andando e todas as quatro patas estão no chão e paradas. Isso não incluiria o último passo de um boi andando devagar.


Anterior | Próxima

 
PARCEIROS












LINKS



 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191

Desenvolvido por Wisetec IT Solutions