FICHAS DE JULGAMENTO - Potro do Futuro ANCA 2016
Aberta
  Fichas
1ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria   4ª Bateria   5ª Bateria   6ª Bateria   7ª Bateria   8ª Bateria   9ª Bateria  
2ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria   4ª Bateria   5ª Bateria   6ª Bateria  
Final 1ª Bateria   2ª Bateria  
 
Aberta Ltda.
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria  
 
Non Pro
  Fichas
1ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria  
Final 1ª Bateria  
 
Amador
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria  
 

Juiz:
Kevin Miller, Hermitage, MO, EUA

Kevin Miller é juiz AAAA da NCHA
Kevin Miller é juiz AAAA da NCHA e treina cavalos de apartação há 35 anos nos EUA.

Esta é sua 3ª vez julgando aqui no Brasil. Como este evento se compara com os outros?
A última vez que julguei aqui foi no Congresso da ABQM em 2013. Os animais hoje são melhores: Acredito que a filiação seja melhor, o treinamento é melhor e estão trabalhando melhor. Quero dizer que a pista aqui parece maior e estão parando o boi nos 2 lados, eles tem mais cow sense, tem mais expressão e por sua vez tem como dar notas maiores. As tiradas foram melhores, no sentido de tirar um boi específico e levar bem na frente com movimentos de mão bem suaves.

Como está o nível dos animais?
Eu dei umas notas maiores nesse evento, e seriam as mesmas notas se eu tivesse julgando nos EUA. Sei que não tem a mesma quantidade de animais aqui no Brasil, mas os melhores seriam bem competitivos em qualquer lugar.

Em que os competidores deveriam estar trabalhando para melhorar suas notas?
Muitos dos amadores, e alguns dos profissionais, tem como melhorar suas tiradas. Estavam tirando com a mão bem alta, ainda depois do restante do gado passar a garupa do animal apresentado. Marquei muitas penalidades de demorar em baixar a mão (E) e uso visível de rédeas (B). 

Alguns estavam com o boi tirado limpo e antes de baixar a mão puxaram uma última vez nas rédeas, que é uma penalidade (B). Se todos pegarem os videos de suas apresentações e assistirem essas penalidades junto com seus treinadores e as fichas de julgamento, melhorarão muito.

Como você começou na Apartação?
Comecei treinando cavalos de Working Cow Horse em 1979. Logo depois decidi que queria mudar para Apartação, mudei para Texas e trabalhei com vários treinadores. Em fim montei meu próprio programa de treinamento e comecei a trabalhar sozinho. Hoje tenho 60 anos e ainda quando tenho problemas com algum cavalo eu ligo para algum treinador que respeito e converso com ele. Quando vou para uma prova grande, igual fui no The Non Pro e The Open em Oklahoma City semana retrasada, eu passo um tempo assistindo os outros treinar na pista de treinamento. Todo isso faz parte do processo e eu curto aprender e procuro a melhoria contínua. Se não quiser aprender mais o resto da indústria vai te ultrapassar. Minha felicidade não depende somente de quanto eu ganho. Eu faço isso porque eu gosto. E para quem realmente gosta, o sucesso e os cheques vão acabar indo em sua direção.

Quando você começou a julgar?
Eu comecei a julgar há mais que 20 anos. Começar a julgar realmente ajudou minhas apresentações. Muda completamente sua visão sobre a apresentação. Sempre há pessoas que ficam encostadas na cerca e falam que aquela apresentação deveria ter sido isso ou aquilo, mas normalmente não sabem. Se você for o juiz, sentado lá na cabine, que tem que escrever uma nota quando a buzina tocar, você ganhará uma nova apreciação do serviço do juiz. Acho que deveria ter uma regra que se competir em mais que tantas provas por ano, deve ter cartão de juiz. Acredito que todos os treinadores deveriam ter cartão de juiz, mesmo que julguem apenas 2 provas por ano.

De todos esses anos na Apartação, qual conquista te da mais orgulho?
Em 1985 ganhei o Breeders Cup em Abilene, TX. Isso foi uma grande conquista para mim, porque eu tinha recentemente começado, e tinha muitos grandes nomes na final junto, Bill Freeman, Buster Welch, Bill Riddle, Terry Riddle, etc. Fora isso eu fui finalista em Fort Worth, TX, várias vezes em animais de 3, 4 e 5 anos de idade.

Tem algo mais que gostaria de relatar?
Sempre gosto de julgar aqui no Brasil. Foi interessante neste evento ver os animais de todas as idades. Gostaria de voltar novamente.

Veja os Resultados Completos deste evento.
 
Veja nossa lista completa de eventos passados e novos eventos
 
PARCEIROS












LINKS








 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191 / (19) 99617-2369