FICHAS DE JULGAMENTO - Campeonato Paulista ANCA 2016/2017 - 3ª Etapa
Aberta Júnior
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria   4ª Bateria  
 
Aberta Classic
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria  
 
Aberta Livre
  Fichas
  1ª Bateria  
 
Aberta Ltda.
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria  
 
Non Pro
  Fichas
  1ª Bateria  
 
Amador
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria  
 
Master
  Fichas
  1ª Bateria  
 
Principiante
  Fichas
  1ª Bateria   2ª Bateria  
 

Juiz:
Randy Butler, Gainsville, TX, EUA

Randy Butler
Randy Butler é juiz AAAA da NCHA e julga desde 1986.

Você julgou aqui no Brasil a última vez em 2014. Como este evento se compara ao último?
Os cavalos estão muito melhores. Tanto na qualidade dos animais quanto no treinamento. E na maneira que foram apresentado também. Fiquei impressionado.

Quer dizer que os cavalos são melhores ou trabalharam melhor?
Os dois. Cavalos melhores fazem apresentações melhores. E fazem treinadores melhores também.

Houve algum erro dos competidores que se destacou, ou em qual eles deveriam estar trabalhando para melhorar suas apresentações?
Não, as penalidades, especialmente nas categorias abertas, foram iguais as que eu vejo nos EUA. 

Há quanto tempo você está envolvido com a Apartação?
Há uns 35-40 anos.

Como você começou?
Eu laçava muito e fui trabalhar em umas fazendas que tinham cavalos de apartação. No começo dos anos 80 eu fui trabalhar com Matlock Rose e comecei na Apartação lá. Quando eu saí de lá eu continuei com Apartação, porque eu gostava, e queria ganhar a vida com isso.

Durante quanto tempo você treinou animais de apartação profissionalmente?
Treinei durante uns 30-35 anos.

Neste tempo de quais conquistas você tem mais orgulho?
Marquei a maior nota na primeira classificatória do NCHA Futurity e tive as 2 maiores somatórias entrando na semifinal naquele ano. Fui campeão mundial da AQHA 2 vezes, e fui finalista em vários eventos de idade com animais que eu mesmo treinei desde o início.

Porque você queria se tornar juiz?
Eu me tornei juiz em 1986. Eu tinha competido bem antes disso mas nunca entendia bem porque não estava ganhando quando eu pensava que meu trabalho era tão bom quanto o dos outros. Após virar juiz e julgar o primeiro ano, eu comecei a perceber que tinha alguns erros que eu estava fazendo que eu não via, mas o juiz vê tudo. Eu percebi o que precisava para ganhar e como treinar meus animais melhor para ser competitivo. 

Acredito que todo profissional dessa modalidade deve se envolver de alguma maneira no julgamento porque vão aprender o que precisa para ser competitivo. Tem muitos erros que como competidor não parecem tão importantes, mas no nível de competição de hoje, para o juiz todos esses erros significam algo.

Há algo mais que gostaria de relatar?
Gosto de vir aqui no Brasil, é sempre uma experiência boa. O pessoal é bem receptivo.

Veja os Resultados Completos deste evento.
 
Veja nossa lista completa de eventos passados e novos eventos
 
PARCEIROS












LINKS








 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191 / (19) 99617-2369