FICHAS DE JULGAMENTO - Super Stakes ANCA 2007
Aberta
  Fichas
1ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria   3ª Bateria  
2ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria  
Final 1ª Bateria  
 
Aberta Ltda.
  Fichas
Final 1ª Bateria  
 
Non Pro
  Fichas
1ª Classificatória 1ª Bateria   2ª Bateria  
Final 1ª Bateria  
 
Amador
  Fichas
Final 1ª Bateria  
 

Juiz:
Tom Hastings, Valley View, Texas, EUA

Qual a sua experiência em apartação?

Como juiz, eu julgo há 40 anos e julguei mais de 400 provas, incluindo o Futurity da NCHA 5 vezes. Como competidor, eu competi a vida inteira, fui finalista em todas as maiores provas e fui reservado campeão no campeonato mundial 2 vezes. Tenho mais que US$400.000 em ganhos e faço parte da Galeria de Fama da NCHA.

Qual foi a sua impressão da prova aqui no Brasil?
Muito boa.

E o nível dos competidores?
É muito comparável com os Estados Unidos, mas a quantidade é menor.

Qual foi um problema que você observou e que pode ser melhorado?
Eu acho que tudo no Super Stakes foi muito bom. A infrastrutura é excelente, o gado foi muito bom, todos os rebatedores foram bons e a prova foi realizada muito eficientemente. Eu não vi nenhum problema.

Você esteve aqui no Brasil em 1988, o nível da competição mudou?
É muito melhor porque os cavalos são melhores. Na grande parte os treinadores parecem ter mais experiência e parecem ter passado um tempo no exterior onde eles pegaram muito dos treinadores americanos.

O que você achou do nível dos cavalos aqui no Brasil?
Acredito que os cavalos são muito bons. Os primeiros em cada categoria são do mesmo nível do que os dos EUA. A diferença é que tem mais desses cavalos por categoria nos EUA.

Como juiz, como os competidores poderiam melhorar suas notas?
Ter um bom trabalho no rebanho, para que tenha um bom posicionamento no inicio da apresentação, diminuindo seus erros e conseqüentemente resultando em uma boa apresentação na qual os 2,5 minutos sejam bem aproveitados. Seria interessante que os Non Pros aqui no Brasil na medida do possível, praticassem um pouco mais, aproximando-se ainda mais aos Non Pros dos EUA.

Você tem muito experiência como Non Pro, como você acha que os Non Pros aqui poderiam melhorar?
Em primeiro lugar, eles precisam montar no cavalo antes de chegar à prova. É muito importante. Os treinadores montam quase todos os dias, e quando chega o dia da prova outra pessoa monta nele vai parecer outro cavalo. Os Non Pros não vão ser competitivos sem montar em seus cavalos mais do que tem montado. A respeito das provas, acredito que os Amadores e os Non Pros sem mais que US$20.000 em ganhos deveriam evitar apartar um boi especifico e sim apartar "shape" (o boi que sobrar). Isso eu aconselho por que apartar um boi específico é muito difícil e sem muita experiência isso poderia causar mais problemas do que benefício.

O que foi marcante do seu tempo aqui no Brasil?
Adoro a paisagem. A terra ondulada com café e cana de açúcar é linda e acredito que quem mora aqui deveria se considerar sortudo.

Veja os Resultados Completos deste evento.
 
Veja nossa lista completa de eventos passados e novos eventos
 
PARCEIROS












LINKS








 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191 / (19) 99617-2369