REGRAS

Regras de Julgamento

Tabela de Conteúdo

REGRA DE JULGAMENTO 8

Enquanto trabalha, um cavalo será penalizado com um (1) ponto cada vez que as rédeas são usadas para controlar ou direcionar o cavalo. Uma penalidade de um (1) ponto será aplicada também sempre que um cavalo for sinalizado de qualquer outra maneira. Se as rédeas estiverem apertadas o suficiente para que o freio seja mexido em qualquer momento, ele será penalizado com um (1) ponto de cada vez que isso ocorrer, mesmo que as mãos do competidor não se movam. 

  1. Um cavalo deve ser solto assim que o animal desejado estiver afastado do outro gado. O uso adicional das rédeas, sinais, posicionamento ou qualquer outra sinalização resultará em uma penalidade de um (1) ponto para cada ocorrência.
  2. O cavaleiro deve segurar as rédeas com uma das mãos. Uma penalidade de três (3) pontos será aplicada se a segunda mão tocar as rédeas para qualquer finalidade, exceto para endireitá-las.
  3. Esporear atrás da paleta não deve ser considerado como sinal visível. Uma penalidade de três (3) pontos será aplicada cada vez que um cavalo é esporeado na paleta.
  4. A ponta da bota, o pé ou o estribo na paleta do cavalo é considerado um sinal visível. Uma penalidade de um (1) ponto será aplicada para cada ocorrência.

 

EXEMPLO 1: Ao fazer sua tirada, o competidor move sua mão para cima e para baixo, de um lado para o outro, enquanto seleciona um boi para trabalhar. Ele então coloca a mão dele:

  1. perto do pescoço do cavalo e deixa lá enquanto trabalha:
  2. acima do pito da sela e deixa lá enquanto trabalha:
  3. perto do pescoço de seu cavalo no começo da apresentação, e então levanta acima do pito enquanto trabalha.
  4. subindo o pescoço do cavalo (muito para a frente).

JULGAMENTO: Em (A) e (B) sem penalidade. Em (C) se o movimento da mão resultar em sinais, uma penalidade de um (1) ponto será aplicada para cada ocorrência. Em (D) uma penalidade de um (1) ponto para cada ocorrência.

OBSERVAÇÃO: O competidor pode usar as rédeas em seu cavalo tanto quanto necessário para fazer uma tirada. Tiradas limpas e bonitas receberão crédito.

OBSERVAÇÃO: Soltar o cavalo indica que o competidor está pronto para começar a trabalhar. Qualquer uso adicional das rédeas será penalizado.

 

EXEMPLO 2: O competidor faz uma tirada e enquanto aguarda o boi para começar a se movimentar:

  1. Balança a mão das rédeas causando movimento das rédeas.
  2. Dá folga adicional às rédeas.

JULGAMENTO: Em (A) penalizar o competidor com um (1) ponto para cada vez ele repete esse procedimento. Se ele tirar três (3) bois e balançar as rédeas cada vez, a penalidade total será de três (3) pontos. Em (B) sem penalidade.

 

EXEMPLO 3: O competidor está trabalhando com a mão baixa. As rédeas são ajustadas curtas o suficiente para que o freio seja bombeado duas (2) vezes durante a sua apresentação.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de um (1) ponto para cada vez que o freio for acionado. Um total de dois (2) pontos de penalidade.

 

EXEMPLO 4: O competidor está trabalhando e:

  1. durante sua apresentação, ele move a mão bem levemente durante uma virada;
  2. durante sua apresentação, sua mão se move de forma suficiente para que o juiz acredite que ele está controlando seu cavalo na virada;
  3. ao atravessar a pista, ele move a mão em direção ao boi sendo trabalhado para manter seu cavalo fora do rebanho;
  4. durante a apresentação ele empurra a mão para frente para encorajar o cavalo a se mover junto com o boi;
  5. quando o cavalo está parando, o competidor se inclina para trás na sela fazendo com que a mão das rédeas também se mova para trás.

JULGAMENTO: Em (A) sem penalidade.

Em (B), (C), (D) e (E), uma penalidade de um (1) ponto será aplicada.

 

EXEMPLO 5: Ao fazer uma tirada, o competidor seleciona um boi e começa a conduzi-lo para fora do rebanho. O competidor usa as rédeas em seu cavalo até o boi estar completamente fora do rebanho e, em seguida, solta seu cavalo.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

OBSERVAÇÃO: A intenção da Regra 8a é impedir que o competidor ajude seu cavalo depois que o boi escolhido estiver afastado do rebanho. Os juízes devem tomar cuidado para permitir que o competidor manobrar seu cavalo o suficiente para limpar o boi que ele escolheu tirar. Na aplicação desta regra, o termo “limpar” significa longe o suficiente do corpo do rebanho que o competidor tem uma oportunidade razoável para começar a trabalhar e que todos os outros bois estão pelo menos atrás da garupa do cavalo.

 

EXEMPLO 6: Ao fazer uma tirada, o competidor seleciona um boi e usa as rédeas em seu cavalo enquanto guia o boi para fora do rebanho. Depois do boi estar limpo, o competidor continua a usar as rédeas em seu cavalo até que o boi tenha feito seu primeiro movimento. Ele então libera seu cavalo e trabalha esse boi.

JULGAMENTO: Uma penalidade de um (1) ponto será aplicada para cada vez que as rédeas são usadas no cavalo depois de o boi estar limpo.

 

EXEMPLO 7: Depois de um boi estar limpo, o competidor usa as rédeas em seu cavalo para iniciar o primeiro movimento com o boi.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de um (1) ponto.

 

EXEMPLO 8: O competidor tira um boi de um grupo de gado que está vindo em torno dele. Ele usa as rédeas em seu cavalo até que o outro gado esteja afastado pelos rebatedores de fundo e, imediatamente após ele o solta.

JULGAMENTO: Sem penalidade.

 

EXEMPLO 9: O competidor tira um boi que está andando para longe do rebanho.

  1. O competidor usa as rédeas em seu cavalo até sair do rebanho e depois o libera.
  2. O competidor usa as rédeas em seu cavalo até sair do rebanho. Vários segundos decorrem antes que o boi seja virado pelo rebatedor. O competidor continua a manter contato com seu cavalo por ter sua mão erguida e alguma tensão em suas rédeas. Ele não move seu cavalo; ele está segurando a atenção de seu cavalo no boi até que o boi se mova.
  3. O competidor usa as rédeas em seu cavalo até que ele saiu do rebanho. Quase simultaneamente, o competidor libera seu cavalo e o boi é movido pelos rebatedores.

JULGAMENTO: Em (A) e (C) sem penalidade.

Em (B), aplica uma penalidade de um (1) ponto.

 

EXEMPLO 10: O competidor seleciona um boi de um grupo de gado que está vindo em torno dele. Ele dá um passo em direção ao boi e usa as rédeas em seu cavalo até que os rebatedores tenham o restante do grupo por trás da garupa de seu cavalo (limpar). Ele então continua a manter a tensão em suas rédeas enquanto o boi que ele tirou atravessa alguns metros pela pista. Quando o boi para e vira, o competidor para seu cavalo e o leva de volta ao boi antes de liberá-lo.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de um (1) ponto para cada vez que o competidor dá sinais ao seu cavalo. Neste caso, um (1) por segurar o cavalo enquanto atravessa a pista, um (1) por parar o cavalo e um (1) por guiar ele de volta ao boi. Total de três (3) pontos de penalidade.

 

EXEMPLO 11: Enquanto trabalha um boi, o competidor:

  1. usa as duas mãos nas rédeas para virar o cavalo junto com um boi.
  2. usa as duas mãos nas rédeas para parar seu cavalo e depois permite ele a virar sozinho.
  3. usa as duas mãos nas rédeas enquanto para o cavalo para desligar legalmente.

JULGAMENTO: Em (A), (B) e (C), é aplicada uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 12: Depois de se desligar legalmente de um boi, o competidor usa as duas mãos nas rédeas para virar o cavalo.

JULGAMENTO: Aplica uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 13: O competidor derruba uma rédea e:

  1. usa sua mão livre para recuperá-la enquanto tira um boi;
  2. usa sua mão livre para recuperá-la enquanto trabalha um boi;
  3. usa a mão livre para recuperá-la depois que ele tenha, legalmente, se desligado do boi e parado seu cavalo.

JULGAMENTO: Em (A) e (B) aplicar uma penalidade de três (3) pontos por usar as duas mãos nas rédeas. Em (C) sem penalidade.

 

EXEMPLO 14: As rédeas do competidor ficaram emaranhadas.

  1. O competidor se desliga de um boi legalmente e, antes de entrar no corpo do rebanho, usa a segunda mão para endireitar as rédeas.
  2. Enquanto anda dentro do rebanho, o cavaleiro coloca uma segunda mão nas rédeas para endireitá-las.
  3. O cavaleiro se vira para fazer uma tirada, então para seu cavalo dentro do corpo do rebanho e usa a segunda mão para endireitar as rédeas.

JULGAMENTO: Em (A), (B) e (C) sem penalidade.

 

EXEMPLO 15: O competidor coloca uma segunda mão nas rédeas para:

  1. Parar ou afastar o cavalo depois de desligar legalmente de um boi.
  2. Girar seu cavalo depois de desligar legalmente de um boi.
  3. Puxar seu cavalo enquanto anda pelo rebanho.

JULGAMENTO: Em (A), (B) e (C), é aplicada uma penalidade de três (3) pontos.

 

EXEMPLO 16: Durante uma apresentação enquanto o cavalo vira, o competidor:

  1. Esporeia o cavalo na paleta.
  2. Tenta esporear o cavalo na paleta, mas não faz contato com o cavalo.

JULGAMENTO: Em (A), aplica uma penalidade de três (3) pontos; (B), sem penalidade.

 

Imagem de cavalo mostrando a linha da paleta
OBSERVAÇÃO: Esporear atrás da paleta é permitido


Anterior | Próxima

 
PARCEIROS












LINKS








 
Praça Amador Bueno Florence, 274 Ap. 4 - Largo São João, Espírito Santo do Pinhal - SP - 13990-000
Fone: (19) 3651-5362 / (19) 99904-1191 / (19) 99617-2369